NOTÍCIAS

Agronegócio em pauta

Fortaleza recebe evento sobre agronegócio e crise hídrica essa semana

Fortaleza vai receber na véspera do feriado da proclamação da república um evento pioneiro no segmento do Agronegócio. O I Fórum do Agronegócio Cearense e sua Relação com a Crise Hídrica vai reunir políticos, estudiosos e empresários do ramo para uma série de palestras e debates em torno dos gargalos e desafios enfrentados pelo Agro. Realizado pela Fundação Demócrito Rocha e promovido pelo Grupo de Comunicação O POVO, o evento terá grandes parceiros, tais como: BNB, Prefeitura de Fortaleza e Sebrae.

O Fórum acontecerá no dia 14 de novembro na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e terá entrada gratuita. Os interessados em participar podem realizar suas inscrições no site ou, ainda, presencialmente no dia do evento. Abordando temas como o financiamento de tecnologias e pesquisas aplicadas ao agronegócio cearense, os recursos hídricos e o impacto no desenvolvimento do agronegócio cearense e o agronegócio cearense sob a ótica do setor produtivo, o evento contará com a palavra de grandes nomes como o CEO da Betânia Lacteos, Bruno Girão e deputado estadual, Carlos Matos.  

Para Paulo Jorge, articulador da Unidade de Agronegócios do Sebrae, o evento é uma excelente oportunidade para conscientizar a sociedade sobre o uso da água em todo o estado. “O evento é de fundamental importância, pois é uma forma de trazer consciência à sociedade que a água é um bem finito e de alta necessidade. E se não soubermos usar a água de forma correta na cidade, afetará diretamente o campo e o contrário também é verdadeiro. Precisamos gerar conhecimento, usar a água de forma inteligente, para evitar essa competição entre produtores, indústria e área urbana”, afirma.

Hoje o Sebrae está à frente de diversos projetos voltados para o uso eficiente da água, sendo um dos grandes responsáveis por apresentar aos produtores cearenses as novas tecnologias envolvendo recursos hídricos, como é o caso da irrigação por gotejamento, uma tecnologia bastante difundida. “O Sebrae tem um projeto junto a produtores cearenses envolvendo a palma forrageira, uma vegetação rica em minerais que consome bem menos água em seu plantio que outros grãos semelhantes, como o milho. Essa planta pode ser usada como insumo para rações de animais, representando uma economia substancial de água em todo o processo de criação”

O público esperado para o I Fórum do Agronegócio Cearense e sua Relação com a Crise Hídrica: empresários do agronegócio cearense, gestores público que atuam na área, entidades de classe do setor, professores e estudantes do tema (tais como agronomia e engenharia hídrica). E o público pode esperar um evento marcante, conforme afirma Paulo Jorge. “As expectativas são as melhores possíveis! Teremos entre nós produtores, empresários e estudantes, uma excelente maneira de propagar conhecimento, debater questões relevantes e mostrar a importância de usar a tecnologia de forma consciente para uma produção mais eficiente e um futuro melhor”, aponta.

 

Serviço – I Fórum do Agronegócio Cearense e sua Relação com a Crise Hídrica

Data: 14 de novembro 2018

Local: FIEC

Horário: 13:00 -19:00 (credenciamento de 13:00 até 13:30)

Inscrições: site http://especial.opovo.com.br/forumagronegocio/